sábado, 9 de outubro de 2010

QUANTO PIOR FOR A PESSOA COM QUEM VOCÊ VIVE, MELHOR PRA VOCÊ!

Por favor, antes de vocês acharem que eu PIREI, leiam assim que tiverem uma oportunidade o livro: “Quanto pior for a pessoa com quem você vive, melhor pra você”, Autor Pe. Alir Sanogiotto.
É claro que eu prefiro gente tratável perto de mim, pessoas doces, meigas, de voz suave e sempre com um sincero sorriso estampado no rosto. Mas a realidade é que na maioria das vezes, as pessoas não são assim, ao menos não o tempo todo. Eu tenho, e você certamente também tem momentos de mau humor, de “não me toque” e de vontade de matar um… ou dois.
Uma verdade que aprendi: pessoas complicadas e diferentes de mim me fazem crescer e melhorar como pessoa.
Sabe aquela pessoa que mais te tira do sério, que te irrita, que te faz derramar lagrimas, que só te traz problemas e preocupações?! Qual o nome dela? Agora, AGRADEÇA! Essa é a pessoa que pode TE LEVAR AO CÉU! Não, não, eu não sou doida. Há uma explicação para isso: Ore por ela! Oração é o instrumento que nos liga à Deus. E depois, quanto maior for o defeito de uma pessoa, maior terá que ser a sua capacidade de amá-la. Amar não é fácil, requer da gente paciência, sabedoria. Pra quem pensa que amar é só flores está enganado. Talvez essa pessoa esteja na sua vida com um propósito: te fazer crescer como ser humano, perseverando no amor, exercitando a paciência, te aproximando de Deus. Talvez, ela esteja sendo canal da graça na sua vida e você sequer percebeu. Por isso, AGRADEÇA! E por favor, NUNCA DESISTA DELA! Acredite que você é reflexo do amor de Deus e, portanto, tem poder para praticar o bem.


"Obrigada meu Deus, pela graça de ter uma pessoa assim na minha vida: cabeça dura, revoltada, incompreensiva, bipolar, impaciente, teimoso, emburrado, implicante, que só reclama e não se satisfaz com nada! É essa abençoada pessoa que me faz dobrar os joelhos e clamar pela Tua misericórdia. É ela que me faz ir ao Teu encontro, que me faz aprender a esperar em Ti, a confiar em Ti. É ela que me faz exercitar o dom de amar sem medidas. Obrigada meu Deus! E eu vou continuar amando, perseverando, orando, e esperando em Ti. Porque eu sei que as suas promessas SEMPRE são cumpridas! Amém!"

Camila Almeida

sábado, 2 de outubro de 2010

Eu quis tanto!


Depois de um dia agitado e cheio de emoções, acho que preciso desabafar um pouco aqui!Aliás, como sempre,prefiro que o meu saudoso Caio traduza os meus sentimentos em palavras.


Sabe, eu me perguntava até que ponto você era aquilo que eu via em você ou apenas aquilo que eu queria ver em você. Eu queria saber até que ponto você não era apenas uma projeção daquilo que eu sentia, e se era assim, até quando eu conseguiria ver em você todas essas coisas que me fascinavam e que no fundo, sempre no fundo, talvez nem fossem suas, mas minhas, e pensava que amar era só conseguir ver, e desamar era não mais conseguir ver, entende?
Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu.

Caio Fernando de Abreu.