segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Amor Desconcertante

Não tenho nada que me prove a existência de Deus,
Mas mesmo assim ele continua sendo
O absoluto dos meus dias.
Nunca choveu maná no quintal de minha casa
E a imagem que tenho da Virgem Maria
Nunca derramou uma lágrima.

O que tenho aqui é esta mão machucada,
Este dedo sangrando,
Este nó na garganta,
Este humano desconsolo,
Esta dor,
Esta cor,
E este olhar desconcertante de Deus,
Deixando-me sem jeito,
Ao dizer que me ama.



Confesso que o amor de Deus me constrange. Uma vez que você experimenta desse sentimento nenhum outro irá te satisfazer. Amor que cura, liberta, renova, santifica. É um amor que vai além da minha compreensão. Por tantas vezes nesta vida eu andei por caminhos que o mundo me oferecia, encantadores até. Não sou hipócrita para dizer que não são encantadores. Se não fosse, ninguém andaria. As coisas do mundo enchem os nossos olhos. A princípio nos traz alegria, mas é tão fugas e em nada nos preenche. Mas eu andei por esses caminhos, eu me apeguei as essas coisas. Degustei dos sabores dos pecados, mergulhei nos encantos mundanos. Prejudiquei a mim e tantos outros. E em um determinado momento, Deus se aproxima, me olha nos olhos, me estende a mão e me acolhe. Amor que me transfigura, me restitui. Desconheço outro amor que me faça sentir assim. E o que mais me comove é que mesmo depois de experimentado esse amor, eu ainda caio. Minhas fraquezas são tantas, tamanhas são as minhas misérias, é só dar uma brechinha pro inimigo e me perco novamente. Não sou digna de receber tanto amor, mas assim Ele faz: deixa todas as outras ovelhas, vai ao meu encontro, fixa sobre mim seu olhar, me veste com a melhor roupa, coloca um anel em meu dedo, calça os meus pés, e me prepara uma festa. AMOR DESCONCERTANTE! Amor Sacramental.  Deus escolhe mesmo os piores. E por mais que alguma outra força tente me afastar desse amor, meu coração sempre estará sedento dessa graça. Nem os meus erros, nem os meus pecados, nem as minhas misérias poderão me separar do amor de Deus.  De fato, intuiu brilhantemente santo Agostinho: "Fizeste-nos para ti, Senhor; e nosso coração estará inquieto, enquanto não repousar em ti." E o nosso coração têm sede insaciável pois foi criado para o eterno! Volta para Deus Camila, Volta para Deus leitor! Ele nos espera ansiosamente e de braços abertos. 
Camila Almeida

segunda-feira, 18 de julho de 2011

POR UM MUNDO MELHOR

E cantarei o sonho de extinguir a guerra,
 Romper as cercas, 
libertar a terra,
Despejar no mundo cores de aquarela 
Preparando a vida pra outra primavera.♫♪


A luta por um mundo melhor se inicia nos pequenos gestos. É sensato pensar assim. Sujou uma xícara de café? Lave! Causou mágoa no coração de alguém? Peça desculpas! Você pode provocar um sorriso? Faça! Estenda a mão, fale de coisas boas, cative! Enxugue uma lágrima, repense nos seus valores, abrace! Talvez alguém esteja precisando de uma palavra de conforto, proclame-a! Cultive um jardim, doe um livro, seja paciente, cuide!
“Devemos ser a mudança que queremos ver no mundo", saiamos, portanto, do nosso comodismo e o mundo se tornará melhor, acredite!

Camila Almeida

sábado, 9 de abril de 2011

VONTADE DE DEUS!


Hoje, no intervalo da faculdade, assistia o noticiário que falava a respeito da tragédia que aconteceu no Rio pela manhã. Fiquei indignada com o acontecimento. Vidas perdidas em frações de segundos. Tão novos, tão cheios de sonhos, e de repente, tudo se torna vazio. Só ficara o desespero e o sofrimento nos corações dos familiares que não encontram respostas. Deparam-se com a ausência, a lágrima e a dor, que nada restitui, não trás de volta.
E então, naquele instante me veio a reflexão: ONDE ESTÁ DEUS NESSAS HORAS? Como pôde permitir que vidas de crianças inocentes fossem ceifadas de forma tão repugnante? Minutos depois, o mesmo coração que ousou a indagar, silenciou e encontrou resposta: DEUS NADA TEM A VER COM ISSO! E como eu poderia me esquecer?!
Irrito-me quando vejo alguém tentando consolar outra pessoa no meio de uma tragédia, dizendo que foi Deus quem quis assim, que a vontade Dele foi feita e etc... Tudo bem sei que a intenção é de tentar confortar o coração, mas é em vão! Colocar a culpa e a responsabilidade em Deus?! Vejamos, DEUS É AMOR! Eu prefiro acreditar que o Deus que eu creio é incapaz de desejar uma morte tão severa e cruel para aqueles que Ele mesmo criou. Que sentido teria isso gente? Não devemos confundir a vontade de Deus com a Permissão de Deus. Deus não quer o sofrimento, não quer a dor. Ele é a favor da VIDA, foi Ele quem a criou. Se nós, que somos humanos, em nossas fragilidades e misérias, ficamos indignados diante de tragédias como a de hoje, quanto mais Deus, que é o Criador da vida! Imagino que Ele deve chorar como a gente. Existe uma palavra na qual encontramos a resposta para essas tragédias: PECADO! Deus nos fez livres, temos o livre arbítrio para tomamos nossas decisões. A opção pelo mal ou pelo bem é feita por cada um de nós, e infelizmente inocentes são atingidos por nossas escolhas. É simples assim. Querer o bem é se esforçar para seguir o que é divino, e optar pelo mal é mergulhar de cabeça no pecado. O pecado tem conseqüências para a vida de quem peca, e para a vida de quem está ao redor de quem peca. Então, como cristãos, vamos entender o que é mais coerente para com a nossa fé: A morte dessas pessoas é fruto do pecado de outra. Deus não quer, mas permite por que respeita a liberdade da criatura.
E quer saber mais, acredito que esse seja um dos motivos pelos quais existe o ateísmo no mundo. Muita gente diz que o deus que a gente acredita, mata, destrói, desampara famílias. Dizem que nosso deus não faz justiça, não intervêm, é estático. E nós continuamos afirmando: FOI FEITA A VONTADE DE DEUS, e por via de conseqüência, propagamos a descrença. Que espécie de cristianismo estamos pregando?
Você conhece alguém que morreu de forma trágica? DEUS NÃO QUIS ASSIM! É dolorido saber disso, mas é preferível aceitarmos a dura realidade,do que nos conformamos com respostas prontas e confortáveis, que a princípio aliviam o nosso coração, mas entristece o coração de Deus.


Camila Almeida

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

A beleza de não saber quem sou...



"Quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles". Clarice Lispector 


Se eu sei dizer quem sou? Estou certa que sim. Segura que não. Mas é provável que as minhas mil e uma maneiras me façam prevalecer na dúvida. Então, talvez.  Sou a beleza estranha da interrogação. O movimento contínuo e infinito. Sou constante, sou instável. Sou a leiga que sabe de tudo. Imploro por intensidades, mas não sei ao certo o que sentir. Há oposição em minhas palavras. Há contrariedade em meus pensamentos. Sei muito bem dos meus sentimentos e estou certa que nada sei deles. Minha verdade é uma só: não sei quem sou, e me permito não saber, embora algo grite dizendo que bem sei.  Eu me exponho bem melhor no silêncio. Sou contrários, sou avessos, verdades restritas, mentiras mal ditas. Sou ousadia, sou timidez. Sou o medo do amanhã, a coragem do hoje, a incerteza do que já se foi. Sou a gargalhada mais escandalosa e espontânea, sou o choro mais sincero e profundo. Tenho o jeito de uma menina e o pensamento de uma super chata idosa. Sou roseira, sou espinho. Sou receio, sou desafio. Por horas, me vejo na necessidade de ser multidão. É que viver em companhia sempre é bom.  Por outras, imploro pela minha solidão. Tempo em que me recolho em mim, para mim, por mim. Incontrolável jeito de não me controlar. Segredos meus que eu nem sei guardar. Experiências, recordações, provações. Sou inacabada. Estou em movimento constante de ir e vir. Em processo de mudança cá estou. Mudança eu sou. Preciso me constituir de belezas, do sagrado. Suprimir o que em mim não serve, extirpar o que é profano. Restituir o que era bom e que por alguma força estranha, se perdeu. Sou tentativa, sou a perda, sou a vitória.  Sou a vontade louca de querer viver e o desejo de querer descansar. Enfim, sou composta pelo o inverso que habita em mim.
E sobre mim é o que eu sei dizer. E sobre mim é o que eu não sei dizer. Meus lados super opostos não se atrevem a dizer quem sou. Sou alguém, um Zé ninguém. Beleza encontrada nos olhos daqueles que sabem me amar. Opinião insulta na boca de quem não me conhece. Acredito que o encanto do ser humano  consiste exatamente nisso: não saber quem é. O mistério divino é loucura para a compreensão humana. Não há o que entender, e sim o que viver. E assim eu sou, assim eu vou... Descobrindo em mim meus avessos e me reconstruindo.
E a única certeza que possuo é que o eterno, este sim, habita em mim. E que eu não caibo nesse mundinho. Não, eu não caibo. Coração bate e implora por algo maior. Força do alto. Fonte do Céu.  Reflexo do meu Criador.  Inspiração que me impulsiona a seguir sempre em frente. Então, eu sigo...


Camila Almeida.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Vai aprendendo aí Camila...

Eu e você somos chamados à perfeição. Como aprendi com o monsenhor Jonas, perfeição é tudo feito, tudo completo. Essa perfeição viveremos inteiramente no céu. Não se iluda, você não tem forças em você mesmo para enfrentar todas as batalhas. Se você não reza, se não busca ajuda na Virgem Maria, você não aguenta. Pare de lutar com suas forças e lute com as forças de Deus. Você precisa contar com a oração, com a amizade com Jesus. Faça a lista das pessoas que o levam para Deus, se você tem três amigos já está ótimo e invista nessas amizades. Mas também faça a lista das pessoas que não o levam para Deus e diga-lhes por que não o levam para Deus e se disponha a ajudá-las a serem de Deus.

O sofrimento vivido em Cristo é redentor. A gente esconde a cruz porque tem medo da dor. Chega de reclamação e busque o louvor, agradeça a Deus pelas coisas que Ele vem realizando em sua vida. Agradeça ao Senhor por todas as graças recebidas, pare de ficar ilhado em si mesmo e sem olhos para ver os sofrimentos dos outros. Escreva duas palavras "agradecimento" e "reclamação". Faça um X na palavra "reclamação" e uma seta na palavra "agradecimento". Chega de reclamação e agradeça! Louvor é treino. Aprenda a louvar a Deus todos os dias. Se a gente não treina, não tem como fazer. Comece treinando dizendo: "Eu te louvo, Senhor! Obrigado, meu Deus!" Treine para quando o sofrimento bater à sua porta; assim, você já estará treinado a louvar.
(...) Santa Faustina, fala de uma vontade amorosa de se submeter à vontade de Deus que ela não vai entender. Não existe explicação para tudo, pois, muitas vezes, você quer que Deus lhe explique tudo e quando você faz isso você se iguala ao Senhor para entender os Seus mistérios. Se quer entender tudo, morra porque assim terá a explicação de tudo. O segredo é se colocar sob a mão poderosa de Deus. Se você quer ser um cristão maduro, deixe Deus conduzi-lo. E Deus Pai nos conduz usando toques e dando-nos direção. E faz isso em silêncio, Deus diz: "Não faz isso, faz aquilo..." E assim o Senhor vai nos dando toques. Não venha me dizer que o Senhor não nos dá toques porque Ele os dá. E por tudo isso a gente vai agradecendo e se submetendo sob a mão de Deus.
 
(...) Quantas vezes vezes queremos rezar e tem uma força contrária que nos diz: "Não quero!". E você precisa ser sincero e se dirigir ao Senhor com esta sinceridade do seu coração porque essa será a oração mais sincera da sua vida.
 
Ricardo Sá
Consagrado da Comunidade Canção Nova, cantor e compositor